sábado, 24 de outubro de 2015

As Dez Pragas



Assistindo a essa belíssima produção da TV Record, “Os Dez Mandamentos”, percebi além de que cada praga tinha um significado forte para os egípcios, pois a cada uma Deus estava mostrando a eles que era o verdadeiro Senhor e não suas divindades materiais, começando pelo rio Nilo o qual eles adoravam como sendo um deus, o Senhor transformou suas águas em sangue e assim o Nilo “morreu” visto que toda vida contida nele deixou de existir. Veja sobre as pragas em Êxodo capítulo 7.
Assim foi com os outros deuses e por último o sol o qual os egípcios consideravam o deus criador de tudo, mas o Senhor, o verdadeiro Deus criador de todas as coisas, fez com que o sol deixasse de brilhar por três dias, começando ao meio dia, horário em que consideravam os egípcios que o deus sol tinha seu maior poder.
Mas uma coisa eu nunca havia percebido, sobre a décima praga, a morte dos primogênitos. As outras nove pragas foram automáticas, ou seja, atingiam todos os egípcios sem distinção e poupava todos os hebreus, sem que houvesse necessidade de fazer coisa alguma.

Porém na décima foi diferente, houve necessidade que fizessem algo para serem poupados, que colocassem em prática a “FÉ”, sim porque para serem poupados da morte de seus primogênitos teriam que matar um cordeiro, macho de um ano sem mancha e sem defeito e passar o sangue no batente da porta de suas casas, caso contrário o anjo da morte entraria e mataria o primogênito. Esse cordeiro simbolizava Jesus Cristo. O mesmo símbolo que Deus usou quando Adão pecou, Ele usou a pele de um cordeiro para fazer suas roupas, (Gênesis 3:21) representando não a necessidade de se cobrir, mas significando a cobertura do pecado através do cordeiro (Jesus), o mesmo acontece hoje quando aceitamos a Jesus como nosso único e suficiente Salvador, Deus olha para nós e não vê mais o pecado e sim a Jesus Cristo pelo qual estamos “cobertos”. Para isso precisamos ter FÉ, Nele e é isso que nos livra da morte.

Luiz Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário